Avançar para o conteúdo principal

Andar per film… a Álba

Obcessão magnífica



















Imitação da Vida














O Festival de Cinema de Alba, na Itália, homenageia este ano o realizador John M. Stahl, (1886-1950) aquele que foi considerado o maior realizador melodramático da Hollywood no período que compreende o início dos anos 30 e o fim dos anos 40 do século XX. A edição deste ano, a 8ª, acontece sob o signo da Paixão, e achou justo prestar uma pequena homenagem “a um autor muito conhecido, mas definitivamente pouco visto”.

Quatro filmes do autor, elencados numa sucessão cronológica, vão ser alvos de uma ampla reflexão no sentido de se conhecer a fundo o seu trabalho. (Back Street) melodrama no feminino com Irene Dunne; (One Yesterday, 1933), história de amor: (Imitation of life, 1934 - foto 2-) e (Magnificent Obsession, 1935 - foto 1-).

O Festival de Alba terá uma outra janela denominada They Have a Dream

No ano em que Obama chega à presidência dos Estados Unidos e num período de crise acentuada, o Festival decidiu tomar o pulso da história e reflectir sobre as diferenças entre dois países, duas culturas, dois tipos de cinema, duas formas diferentes de paixão civil. Sabe-se que o impulso para se contar uma história nasce de uma experiência difusa que atravessa os povos. Por essa premissa, o Festival decidiu confrontar as nuances da paixão civil e política em Itália com aquelas dos Estados Unidos: seis filmes, três americanos e três italianos, para compreender as convergências, as ausências de uma e/ou outra realidade, as especificidades identitárias, as ideias (ou a falta delas) e os símbolos.

Este percurso será feito por dois encontros-debates entre os diversos participantes do certame: um primeiro que apresentará argumentos do ponto de vista cinematográfico e um segundo que será de carácter político-jornalístico.

O Festival que acontece entre 17 e 22 de Março comporta ainda concursos de filmes documentais e de ficção, workshops com críticos de cinema (Maurizio Porro) e realizadores italianos (Marco Ponti e Guido Chiesa).

De frisar, que o Festival de Cinema de Alba foi fundado por Padre Octávio Fasano, missionário capuchinho residente na Ilha do Fogo: este certame que acontece anualmente em Piemonte, Cidade de Alba, virá provavelmente a partir do próximo ano para Cabo Verde, passando a ter, assim, dois palcos.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

CODÉ DI DONA: 1940-2010

Codé di Dona tem um perfil de funaná que cativou a atenção da nação” disse Eutrópio Lima da Cruz em entrevista à TCV.

Todos são unânimes em considerar Codé di Dona (1940-2010) como uma das figuras incontornáveis do funaná, género musical outrora confinada à Ilha de Santiago, hoje com ressonância universal.

Compositor de músicas definitivas do repertório nacional, como “Febri Funaná”, “Fome 47”, “Praia Maria”, “Yota Barela”, “Rufon Baré” e “Pomba”, entre dezenas de outras, Codé di Dona emocionou os cabo-verdianos, ao longo de uma meteórica vida artística, com a singularidade das suas melodias e a poesia das suas letras. A composição “Fome 47”, só para citar um exemplo paradigmático, constitui uma imensa referência sobre uma das realidades históricas mais marcantes de Cabo Verde: a estiagem, a fome e a emigração para São Tomé e Príncipe. A imagem da partida do navio “Ana Mafalda” faz parte do imaginário colectivo dos cabo-verdianos, tanto que essa música é entoada, como um hino, pelos se…

HISTÓRIA, Dire Straits... uma dentre tantas outras da minha banda preferida

Com uma harmonia perfeita de guitarra, teclados, bateria e músicas originais o DIRE STRAITS coloca o seu nome na história como uma das maiores bandas de todos os tempos.
Tudo começa quando os irmão Mark e David Knopfler resolvem formar uma banda de rock um tanto diferente das demais (pois estavam na época da plenitude do punk rock). Até então MK já tinha tido outras experiências em outras bandas (na época de formação da banda MK era um professor de inglês) e DK era funcionario público. David(guitarra), Mark(guitarra e vocal), John Illsley(baixo) e Pick Withers(bateria) que se integraram ao grupo, formaram uma banda chamada Cafe Racers que mais tarde passou a se chamar DIRE STRAITS. Juntos fizeram uma demo que incluia um, até então, futuro sucesso do grupo "Sultans of Swing", mais tarde assinaram com o selo Vertigo e conheceram Ed Bicknell que seria o empresária da banda brevemente. Logo lançaram em 1977 o seu primeiro álbum que intulava-se com o nome do grande sucesso da ban…

Poema de amanhã

(...) - Mamãe!

Sonho que, um dia,
Estas leiras de terra que se estendem,
Quer sejam Mato Engenho, Dacabalaio ou Santana,
Filhas do nosso esforço, frutos do nosso suor,
Serão nossas. (...) ilustração: Mãe preta de Lasar Segall, 1930 poema: Poema de amanhã de António Nunes, 1945